«Sentimo-nos obrigados a agir e participar da reconstrução material das comunidades que perderam tudo» – Padre Antonio Hernández

Cidade do Vaticano, 13 out 2021 (Ecclesia) – O reitor do Santuário espanhol de Nossa Senhora de Las Nieves ofereceu joias para ajudar a população afetada pelo vulcão Cumbre Vieja, em La Palma (Canárias), assinalando que “essas peças podem adquirir um novo significado”.

“Sentimo-nos obrigados a agir e participar da reconstrução material das comunidades que perderam tudo. Que eles sintam que os seus irmãos e irmãs estão com eles nestes tempos difíceis, que qualquer ação social, solidária ou humanitária será sempre pequena, mas nós estaremos lá”, disse o padre Antonio Hernández.

O portal ‘Vatican News’ informa que o reitor do Santuário Real de Nuestra Señora de las Nieves, padroeira da ilha, propôs que as paróquias colocassem parte do património da Igreja à disposição das famílias afetadas pela erupção do vulcão, que está ativo desde 19 de setembro.

O padre Antonio Hernández explicou que os católicos de La Palma expressaram o seu amor por Nossa Senhora de Las Nieves através de doações e o santuário possui um “um excelente património”, que pode ser admirado no Museu Camarín.

“Hoje, dada a situação dramática, essas peças podem adquirir um novo significado, tornando-se parte da ação solidária e de ajuda do santuário”, acrescentou.

O sacerdote explica que as possuem “joias, correntes, pulseiras e anéis de ouro” que, têm “valor devocional e económico”, mas “sem valor histórico ou artístico”.

“Nós confiamo-nos em comunhão com o bispo à nossa Mãe, a Nossa Senhora de Las Nieves, e a São Miguel Arcanjo, porque estamos enfrentando uma situação extremamente grave em termos de destruição e perda material, felizmente e graças a Deus, a ciência está nos permitindo agir antecipadamente para que a vida das pessoas não corra perigo”, desenvolveu o sacerdote, citado pelo portal de notícias do Vaticano.

As autoridades da ilha espanhola de La Palma ordenaram esta terça-feira a evacuação de diversas zonas, devido à previsão de avanço da lava do vulcão para noroeste e a sua proximidade do limite do perímetro já evacuado.

CB/OC

Partilhar:
Share