Departamento da Pastoral Juvenil de Portugal transporta a cruz e o ícone na «carrinha dos símbolos» da JMJ

Lisboa, 19 ago 2021 (Ecclesia) – Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a cruz e o Ícone de Nossa Senhora, estão a caminho da Polónia, onde vão peregrinar de 21 de agosto a 1 de setembro, numa viagem terrestre que passa por três países.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o diretor do Departamento da Pastoral Juvenil de Portugal (DNPJ) salientou que, “pela primeira vez, esta viagem vai ser com a carrinha dos símbolos” da JMJ 2023, que está identificada com o “logotipo e o layout” do encontro mundial que se vai realizar em Lisboa.

O padre Filipe Diniz, que iniciou a peregrinação para a Polónia esta quarta-feira, com mais um elemento da equipa do DNPJ, adianta que neste percurso terrestre a carrinha da Jornada Mundial da Juventude vai passar por vários países até chegar à Polónia, nomeadamente “Espanha, França, Alemanha”.

O responsável pela peregrinação dos símbolos da JMJ Lisboa 2023 explica que a cruz e o Ícone de Nossa Senhora vão estar dez dias na terra natal do Papa São João Paulo II, de 21 de agosto a 1 de setembro, quando regressam a Portugal para começarem a peregrinação por Espanha, entre 5 de setembro e 29 de outubro.

“Depois regressam a Portugal pelo Algarve e vai percorrer todas as dioceses do nosso país para viver esta peregrinação e aí vai ser nossa responsabilidade como portugueses, como jovens portugueses, viver esta oportunidade de ter a presença tão próxima dos símbolos da JMJ”, desenvolveu padre Filipe Diniz, sobre a peregrinação nacional que decorre entre novembro e julho de 2023.

A Cruz da JMJ foi entregue pelo Papa João Paulo II aos jovens, em abril de 1984, e marcou o início de uma peregrinação da juventude de todo o mundo; em 2000, o mesmo pontífice confiou aos jovens uma cópia do Ícone de Nossa Senhora ‘Maria Salus Populi Romani’.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

TAM/CB

Partilhar:
Share