Iniciativa quer incentivar sociedade a agir contra «a delapidação atual do ambiente e dos recursos naturais»

Localidade de Assis, em Itália, vai acolher encontro ecuménico de oração pela Criação

Saint Gallen, Suíça, 30 ago 2018 (Ecclesia) – Os responsáveis pelas Igrejas cristãs da Europa vão encontrar-se na região italiana de Assis, para uma iniciativa ecuménica de oração inserida na comemoração do Dia de Oração pelo Cuidado com a Criação.

Numa mensagem conjunta de vídeo, o Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE), do qual faz parte a Igreja Católica em Portugal, e a Conferência das Igrejas Europeias (CEC) salientam a “mesma responsabilidade” que abrange “toda a família humana” e os mais de 2,2 mil milhões de cristãos em todo o mundo.

A missão de trabalhar na defesa de uma “ecologia integral” que signifique não só a preservação do meio ambiente e de todos os seus recursos mas também “o respeito pela dignidade de toda a vida humana, da vida em todas as suas formas, desde o início da sua conceção até à morte natural”.

“Todos os cristãos – e é por isso que o encontro de Assis é tão significativo e expressivo – partilham a mesma fé e a mesma missão (…) Falar e olhar com amor e cuidar de cada pessoa, povo, nação dentro de um contexto universal”, salienta o presidente do CCEE, o cardeal Angelo Bagnasco.

“Num contexto em que a crise ambiental se agrava de dia para dia, com consequências para os mais vulneráveis e para os nossos irmãos e irmãs em humanidade, os cristãos são chamados a testemunhar, em palavras, em ações e na oração, a sua fé em Deus como Criador”, realça o presidente da CEC, padre Christian Krieger.

O mesmo responsável aponta ainda a importância de manifestar perante Deus e o mundo “a mágoa” que decorre da “delapidação atual do ambiente e dos recursos naturais”.

No horizonte dos responsáveis cristãos está também a próxima Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP24), que vai ter lugar em Katowice (Polónia), entre os dias 3 e 14 de dezembro.

Um relatório da ONU sobre a ação climática global frisa que esta será a última oportunidade que os países terão para se posicionarem no caminho certo, no que toca à emissão de gases com efeitos nocivos para o meio-ambiente.

A iniciativa ecuménica de oração em Assis será o primeiro evento do género desde que o Papa Francisco lançou o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado com a Criação, em 2015.

Esta grande vigília tem início previsto para a tarde desta sexta-feira.

Os responsáveis cristãos irão emitir uma declaração ecuménica conjunta sobre a Criação, no dia 1 de setembro, diante da Basílica de São Francisco, como parte integrante da iniciativa de oração.

Uma mensagem que irá desafiar todos os cristãos e todas as pessoas de boa vontade a associarem-se a esta Jornada pela Criação e a promoverem ações concretas a favor do ambiente.

JCP

Partilhar:
Share