Foto Agência Ecclesia/PR, Irmã Martinha

Pertence à Congregação das Irmãs Adoradoras e coordena a Equipa de Intervenção Social ‘Ergue-te’, em Coimbra. Durante 10 anos, a Irmã Martinha acompanhou 1700 pessoas em situação de prostituição e criou a Estrutura de Emprego Protegido.

Partilhar:
Share