Situação já causou 77 vítimas mortais, cerca de 1000 feridos e mais de 10 milhões de pessoas sofreram danos nas suas casas e propriedades

Cidade do Vaticano, 12 abr 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco enviou uma ajuda solidária de 100 mil euros para a população do Irão que foi afetada pelas cheias das últimas duas semanas, através do Departamento para o Serviço de Desenvolvimento Integral Humano.

“Este montante quer ser uma expressão imediata do sentimento de proximidade espiritual por parte do Santo Padre com as pessoas e os territórios afetados”, divulgou hoje a sala de imprensa da Santa Sé.

Os 100 mil euros, enviados pelo Departamento para o Serviço de Desenvolvimento Integral Humano, vão ser partilhados pelas “áreas mais afetadas pela catástrofe” e usados “em trabalho de assistência e assistência a pessoas e territórios”, em colaboração com a Nunciatura Apostólica (Embaixada) no Irão.

O Papa Francisco já tinha manifestado “pesar pelas vítimas e rezou” pelo pessoal envolvido na ajuda de emergência, “confiando o povo iraniano à providência de Deus Todo-Poderoso”, num telegrama enviado pelo secretário de Estado do Vaticano, D. Pietro Parolin.

A sala de imprensa da Santa Sé indica que as cheias no Irão, nas últimas semanas, provocaram “violentas inundações”, no norte e leste do Irão, afetando, principalmente, as populações das províncias de Golestan, Lorestan e Khuzestan.

Até ao momento, contam-se 77 vítimas mortais, cerca de 1000 feridos, mais de 10 milhões de pessoas sofreram danos nas suas casas e propriedades, enquanto dois milhões precisam de assistência urgente e mais de 200 mil pessoas foram evacuadas de suas aldeias.

A Caritas do Irão que visitou as áreas inundadas, com outras organizações, também está a fazer “o máximo para levar ajuda ao povo”, assinala o comunicado.

A 26 de janeiro de 2016, Francisco recebeu o presidente da República Islâmica do Irão, Hassan Rouhani, e debateu temas como o acordo nuclear iraniano, o combate ao terrorismo e o tráfico de armas; Foi a primeira audiência de um líder iraniano com o Papa em mais de 16 anos, depois de Mohammad Khatami se ter reunido com João Paulo II em 1999.

CB

Irão: Papa manifesta pesar pelas vítimas das cheias

Partilhar:
Share