Sintra, 30 out 2017 (Ecclesia) – Os utentes da Casa de Saúde do Telhal, da Ordem Hospitaleira, participaram numa campanha de angariação de bens alimentares, com voluntários da Cruz Vermelha, numa ação de “promoção da cidadania e valorização” do seu papel social.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, Fernando d’Oliveira informa que os utentes da Casa de Saúde do Telhal “assumiram e garantiram” toda a dinâmica e responsabilidade do seu turno num dos hipermercados da zona de Sintra.

“Contra uma visão social tantas vezes redutora e estigmatizante no seu gesto e no seu exemplo de compromisso protagonizaram também uma autêntica lição de cidadania e mostraram que não são apenas espetadores passivos da realidade”, desenvolveu o assistente espiritual da Casa de Saúde do Telhal.

O responsável realça que os utentes “assumem-se” como agentes ativos “da solidariedade e da construção social” e que pediram ajuda apenas para que se pudesse ir recolher e substituir os recetáculos onde iam depositando os bens alimentares que vão ser doados às vítimas dos incêndios.

Os utentes da Casa de Saúde do Telhal, da Ordem Hospitaleira, foram também apoiados pelo Serviço de Pastoral da Saúde da instituição e Jovens Hospitaleiros na campanha de angariação de bens alimentares dinamizada pela Cruz Vermelha, entre 27 e 29 de outubro.

“São agentes de mudança, que valorizam a sua vida e sentem também, e de um modo muito especial, tudo o que se passa à sua volta e o valor da vida dos outros”, acrescenta o assistente espiritual Fernando d’Oliveira.

CB

Partilhar:
Share