Braga, 19 mar 2019 (Ecclesia) – A ‘Rede Europeia das Celebrações da Semana Santa e Páscoa’ quer candidatar estas tradições religiosas ao Itinerário Cultural Europeu, a fim de dar visibilidade mundial a este património.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a Comissão da Quaresma e Solenidades da Semana Santa de Braga informa que a nova associação foi criada para “agregar valor às tradições europeias” relacionadas com a Semana Santa e Páscoa.

Neste contexto, a rede “aspira” a apresentar uma candidatura a um futuro Itinerário Cultural Europeu, do Conselho da Europa, um programa lançado em 1987, que tem como finalidade demonstrar como “o património cultural da Europa se desenvolve através das fronteiras”, no espaço e no tempo.

“É uma formidável oportunidade e uma plataforma para disseminar e dar a conhecer o património relacionado com as celebrações da Semana Santa e Páscoa conferindo-lhe visibilidade a nível europeu e inclusivamente mundial”, desenvolve.

Esta segunda-feira no Palácio do Raio, em Braga, participaram na reunião representantes da Espanha, Eslovénia, Itália, Malta, Portugal – a Semana Santa de Braga -, num total de nove entidades, que organizam, nas suas regiões cerimónias relacionadas com a Semana Santa e a Páscoa.

A nova Rede ‘Europeia das Celebrações da Semana Santa e Páscoa’ tem como sócios fundadores estes países e é liderada pela rota andaluza ‘Camiños de Passión’ (Caminhos de Paixão).

No segundo fórum foram discutidos e adotados pontos “muito importantes” para orientar o funcionamento e a atividade da nova entidade, como a assinatura do ato fundador, a eleição do conselho de administração e criação de um comité científico, a adoção de seu plano de trabalho e de financiamento, e a organização da sua atividade apresentarem a candidatura ao Itinerário Cultural Europeu.

A Rede Europeia das Semanas Santas e Celebrações da Páscoa, uma associação sem fins lucrativos, está “aberta a todas as religiões e crenças” que comemoram a paixão e ressurreição de Jesus Cristo, e cujo património cultural é “um ponto de referência nas suas respetivas regiões e/ou países”.

CB/OC

Rede Europeia das Celebrações da Semana Santa e Páscoa (sócios fundadores)

–  Fundação Frederico II, da Sicília, Itália, em representação dos municípios de Palermo, Caltanissetta e Trapani;

– Municípios de Birgu e Qormi de Malta;

– Comissão da Quaresma e Celebrações da Semana Santa de Braga, Portugal;

– Representações da Paixão de Cristo em Skofja Loka, Eslovénia;

– Rota andaluza Camiños de Passión, representa as celebrações da Semana Santa dos municípios de Alcalá la Real, em Jaén; Baena, Cabra, Lucena, Priego de Córdoba e Puente Genil, da província de Córdoba; e Écija, Osuna e Utrera, da província de Sevilha;

– Celebrações da Semana Santa de Orihuela (Alicante), Lorca (Múrcia) e Viveiro (Lugo), Espanha.

 

 

 

 

Partilhar:
Share