Angra do Heroísmo, Açores, 16 out 2021 (Ecclesia) – A Diocese de Angra vai promover a exposição ‘Visita do Santo Padre João Paulo II à Ilha Terceira’, na Sé local, no âmbito do Dia dos Bens Culturais da Igreja.

A exposição temporária vai percorrer “os passos dados pelo Santo Padre”, a 11 de maio de 1991, na sua visita aos Açores, e vão ser apresentadas “peças do espólio que de alguma forma ilustram esse dia”, divulga o portal ‘Igreja Açores’.

Segundo a nota da organização, a exposição ‘Visita do Santo Padre João Paulo II à Ilha Terceira’ comemora os “30 anos deste momento único e memorável”, que se comemora este ano.

“A 11 de maio de 1991 a ansiada visita do Santo Padre João Paulo II à Região Autónoma dos Açores concretiza-se. Uma visita a Portugal, com duração de três dias (11 a 13 de maio), com passagem pela Ilha Terceira, Ilha de São Miguel, Ilha da Madeira, Lisboa e Fátima, permitiu a presença de um Papa, pela primeira vez na História, no arquipélago açoriano”, desenvolvem.

A exposição ‘Visita do Santo Padre João Paulo II à Ilha Terceira’ vai ser inaugurada a 18 de outubro – Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja, no dia de São Lucas (patrono dos artistas) – na Sé de Angra, onde pode ser visitada até 7 de novembro.

A Diocese de Angra informa ainda, que no contexto deste dia nacional, o Museu de Arte Sacra do Faial vai promover várias atividades formativas, como cursos, conferências, visitas guiadas, no âmbito da conservação e restauro.

Neste contexto, destaca a oficina de conservação, com formação prática sobre cuidados a ter com o manuseamento, limpeza e conservação de objetos artísticos, em particular de Arte Sacra, no dia 27 de outubro, a partir das 20h00 locais, na igreja do Carmo.

No dia seguinte (28), a mesma igreja, recebe a conferência ‘A arte sacra e o significado do religioso’, por Sílvia Ferreira, a partir das 18h00.

‘Faial – Descobrir a história, pensar o futuro’ é o tema das iniciativas organizadas pela Associação de Turismo Sustentável do Faial e Horta Histórica, até 13 de novembro, informa o sítio online ‘Igreja Açores’.

O Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja (18 de outubro), no dia de São Lucas – patrono dos artistas – assinala-se desde 2011 com o intuito de promover “a reflexão e a partilha do trabalho desenvolvido no contexto das dioceses portuguesas”.

O Secretariado Nacional dos Bens Culturais da Igreja Católica em Portugal explica que esta data pretende também “debater novas propostas de atuação, avaliar dificuldades e identificar os principais desafios com que se confrontam”.

CB/OC

Partilhar:
Share