Porto, 23 Jul 2022 (Ecclesia) – A Diocese do Porto convida as pessoas para hoje se juntarem na construção de um logótipo humano JMJ 2023.

A iniciativa realiza-se no Terreiro da Sé do Porto e integra-se na atividade «Km11» e quer dirigir-se a todos, numa convite dos «0 aos 100», realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O bispo do Porto apela à participação num “logótipo gigante que será porventura o maior que se realiza em Portugal”.

“Se tens entre 0 e 100 anos és convidado a dar corpo a este grande logótipo”, afirma D. Manuel Linda numa mensagem vídeo.

A iniciativa inclui-se no programa da Diocese do Porto desenvolvido no âmbito do evento «Km11».

Uma atividade das dioceses do norte de Portugal que decorre hoje e amanhã, numa organização conjunta das dioceses de Braga, Bragança-Miranda, Lamego, Porto, Viana do Castelo e Vila Real.

O «Km11» estava pensado para o ano 2020, mas a pandemia impediu a sua realização e tem por imaginário a distância de 11 quilómetros de Jerusalém, sendo que o «Km11» se refere à cidade de Emaús.

Segundo informa em comunicado a organização, será com “alegria renovada e fé fortalecida” que os jovens se reunirão como “jovens discípulos de Jesus Cristo” num grande encontro “num local específico de cada Diocese com o bispo diocesano e restantes agentes pastorais”.

“Esta atividade da Pastoral Juvenil e do Comité Organizador Diocesano (COD) destas dioceses tem também como objetivo a preparação para a Jornada Mundial da Juventude de 2023”, refere a nota.

A organização sublinha o desejo de continuar a realizar esta iniciativa nos anos seguintes à JMJ Lisboa 2023.

No domingo dia 24 haverá uma Eucaristia e no sábado dia 23 uma vigília de oração que se realizará ao mesmo tempo nas seis dioceses.

Neste ano, a atividade “Km 11” tem como tema os Discípulos de Emaús.

LFS

Partilhar:
Share