Lisboa, 18 jun 2019 (Ecclesia) – O sacerdote polaco Michael Los, que foi ordenado na sua cama de hospital, com autorização do Papa, faleceu esta segunda-feira na sequência da doença grave que o afetava.

O padre Tarcísio Vieira, diretor-geral dos Orionitas, manifestou uma “tristeza profunda” com o falecimento do padre recém-ordenado, evocando a sua “grande fé e amor a Cristo e aos pobres”.

A 23 de maio, após receber a autorização do Papa Francisco, Michael Los foi ordenado simultaneamente diácono e sacerdote na cama do hospital, por D. Marek Solarczyk, bispo auxiliar de Varsóvia-Praga.

A celebração, que contou com a presença dos confrades orionitas e de familiares, realizou-se através do gesto de Imposição de Mãos, da Oração de Consagração e recitação da Ladainha de Todos os Santos.

O jovem padre polaco escolheu como lema do seu ministério sacerdotal o versículo bíblico “Nada poderá separar-nos do amor de Deus” (Romanos 8,28).

A primeira Missa, celebrada no hospital, foi transmitida por vídeo através do facebook e do Instagram, com mais de 350 mil visualizações.

Após a ordenação sacerdotal, vários pacientes do serviço de Oncologia do Hospital Militar de Varsóvia, acorreram ao quarto do padre Michael Los, para solicitar a sua bênção ou o sacramento da Reconciliação, relata o portal Vatican News.

OC

Święcenia kapłańskie ks. Michała Łosa FDP

Publicado por Orioniści – Prowincja Polska em Sexta-feira, 24 de maio de 2019

Partilhar:
Share