Uma comitiva de representantes deslocou-se a Belém do Pará (Brasil)

Nazaré, 22 out 2019 (Ecclesia) – Uma comitiva de representantes da candidatura do Culto de Nossa Senhora de Nazaré – Práticas e Manifestações a Património Cultural da Humanidade deslocou-se a Belém do Pará (Brasil) onde se realizou o Círio de Nazaré, a “maior manifestação católica da América do Sul”.

O objetivo foi aprofundar o diálogo com o governo do Pará (Brasil) e outras autoridades ligadas à devoção para que a candidatura do culto a Nossa Senhora da Nazaré a património cultural da Humanidade seja um desígnio partilhado entre os dois povos, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

As festividades do Círio de Nazaré (Brasil) iniciam-se em agosto, culminando com uma “grande procissão” celebrada em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, no segundo domingo de outubro, com o transporte de uma imagem de madeira da Virgem Maria da Catedral da Sé até a praça do Santuário de Nazaré, em Belém do Pará.

O Município da Nazaré manifestou em novembro de 2018 a pretensão de classificação do culto e devoção ao Milagre da Nossa Senhora da Nazaré a Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO, tendo entregue a sua manifestação ao Papa Francisco e iniciado o processo de junção de elementos e de apoios com vista à formalização do procedimento.

O estabelecimento de uma ponte de amizade e cooperação entre o Município da Nazaré e o estado paraense, neste ou noutros domínios, foram os primeiros passos concretizados com a deslocação de Walter Chicharro, presidente da Câmara da Nazaré e Carlos Laranjo Medeiros, coordenador da equipa que está a preparar a candidatura à UNESCO.

LFS

Partilhar:
Share