Decisão do Papa foi anunciada pelo Vaticano

Cidade do Vaticano, 06 ago 2020 (Ecclesia) – O Papa estendeu a jurisdição dos patriarcas católicos orientais a toda a Península Arábica (Vicariatos Apostólicos da Arábia do Norte e da Arábia do Sul), anunciou hoje o Vaticano.

“Francisco tomou esta decisão a pedido dos patriarcas e em vista de um bem espiritual maior para os seus fiéis, considerando as prerrogativas históricas de sua jurisdição sobre o território”, informa o portal de notícias da Santa Sé.

O documento assinado pelo Papa determina que o “cuidado pastoral dos fiéis orientais” será realizado em coordenação com os vigários apostólicos, representantes da Igreja Católica junto das autoridades políticas dos seus respetivos países.

Já a criação de novas circunscrições eclesiásticas pelos Sínodos das Igrejas Patriarcais ‘sui iuris’ (de direito próprio) passa a estar sujeita à autorização prévia da Santa Sé, numa medida provisória de cinco anos, que poderá ser revista no final deste prazo.

Esta medida diz respeito a seis Igrejas Patriarcais Católicas Orientais: Alexandria dos Coptas, Antioquia dos Maronitas, Antioquia dos Sírios, Antioquia dos Greco-Melquitas, Babilónia dos Caldeus e Cilícia dos Arménios.

OC

Partilhar:
Share