D. Manuel Clemente presidiu a Missa no Santuário de Nossa Senhora de Nazaré

Nazaré, 29 dez 2019 (Ecclesia) – O cardeal-patriarca de Lisboa defendeu hoje no Santuário de Nossa Senhora de Nazaré que a família tem de ser a “primeira preocupação” da sociedade e da Igreja.

  1. Manuel Clemente falava na homilia da Missa a que presidiu, no dia da festa litúrgica da Sagrada Família, no calendário católico – o primeiro domingo depois do Natal.

“O próprio Deus mostra na família de Jesus como é que deve ser na família de cada um”, assinalou o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, para quem “aquilo que acontece na família, tem de ser Evangelho vivo”, seguindo o caminho que “Deus trilhou neste mundo”.

A intervenção começou por assinalar que Jesus Cristo passou a maior parte da sua vida terrena em família, crescendo entre Belém, Egito e Nazaré, até começar a fazer uma nova família, que integra todos os cristãos.

Para o cardeal-patriarca, é fundamental aprender na “vida da família”, não em livros, atitudes como o “respeito uns pelos outros” e o acolhimento recíproco, permitindo o crescimento de todos.

“Que a família seja a preocupação fundamental da sociedade”, insistiu D. Manuel Clemente, permitindo “que as pessoas aprendam a viver umas com as outras, a respeitar-se”.

No final da celebração, o patriarca de Lisboa saudou os presentes e sublinhou que “o Natal de Cristo, pela comunidade cristã, continua no mundo”.

OC

Partilhar:
Share