Lisboa, 14 mar 2014 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) enviou uma mensagem de condolências pela morte de D. José Policarpo, falecido esta quarta-feira aos 78 anos.

“Os Bispos de Angola e São Tomé e Príncipe, reunidos na cidade de São Tomé, em São Tomé e Príncipe, ao tomarem conhecimento da passagem para a Vida Eterna de sua eminência o senhor cardeal José Policarpo, manifestam o mais profundo pesar e solidarizam-se na dor com a Igreja de Lisboa e com os familiares do falecido, rezando ao Senhor para que lhe dê a eterna recompensa”, refere o texto, assinado por D. Gabriel Mbilingi, arcebispo do Lubango e presidente da CEAST.

Os participantes na assembleia da CEAST foram informados do falecimento pelo bispo de São Tomé, D. Manuel António dos Santos, o qual escreveu às autoridades eclesiásticas de Portugal.

“D. José Policarpo é um amigo da CEAST e deslocou-se, em vida, várias vezes para Angola e São Tomé”, recorda a página do episcopado católico destes países.

O patriarca emérito de Lisboa faleceu na sequência de problemas cardíacos, tendo o Governo português decretado para hoje um dia de luto nacional.

A Missa exequial vai ser presidida por D. Manuel Clemente, sucessor de D. José Policarpo, a partir das 16h00, na Catedral da capital portuguesa, seguida de cortejo para o Panteão dos Patriarcas, no Mosteiro de São Vicente de Fora.

OC

Partilhar:
Share