Pandemia desafia a encontrar «fortaleza na fé»

Foto: Jornal da Madeira

Funchal, Madeira, 19 nov 2020 (Ecclesia) – O bispo do Funchal, D. Nuno Brás, presidiu na capital madeirense a uma Missa pelos trabalhadores do setor do Turismo e da Restauração, particularmente afetados pela pandemia.

A situação de emergência convida a “cuidar uns dos outros” e desafia a “encontrar fortaleza na fé”, disse na homilia do dia de Santa Isabel da Hungria (17 de novembro).

na igreja do Imaculado Coração de Maria, D. Nuno Brás convidou a assembleia a “pedir ao Senhor que ajude a todos a viver este momento que é difícil” e a ter “a fé que nos dá força e coragem” para podermos vencer esta pandemia, informa a publicação diocesana ‘Jornal da Madeira’.

Ao refletir sobre o tempo presente, o bispo do Funchal sublinhou que os cristãos não podem “viver este momento de ânimo leve”.

Em primeiro lugar, disse o responsável católico, é fundamental tomar consciência de que se vivia num mundo que “estava habituado ao individualismo”.

Deus convida-nos, antes de mais nada, a tomarmos consciência de que afinal de contas somos humanidade, que vivemos uns com os outros, que necessitamos uns dos outros e que só uns com os outros verdadeiramente conseguimos alguma coisa”.

As pessoas, indicou D. Nuno Brás, são “seres frágeis” que “encontram a sua fortaleza na fé” e em Deus.

“Com Deus somos capazes de perceber que, por muito que este vírus nos ataque, que este vírus destrua o nosso modo de viver, nós temos outros horizontes, temos horizontes de vida eterna”, acrescentou.

Esta celebração foi organizada pelo Secretariado Diocesano das Migrações e Turismo.

LFS/OC

Partilhar:
Share