D. Nuno Brás destacou importância de assumir anúncio da mensagem cristã entre as novas gerações

Funchal, Madeira, 23 nov 2021 (Ecclesia) – O bispo do Funchal presidiu este domingo, na celebração do Dia Mundial da Juventude, que os jovens católicos “não tenham medo de ser santos” e anunciem a todos a mensagem cristã.

“Ser santo é alguém que se deixou encontrar por Jesus Cristo, alguém que caminhou com Ele. É tudo menos aborrecido, é tudo menos chato”, afirmou D. Nuno Brás, no encontro realizado no polidesportivo junto ao Centro de Juventude do Estreito da Calheta.

Falando aos cerca de 200 jovens que participaram na Jornada, o bispo do Funchal pediu a todos que caminhem com Jesus e percebam que ele também caminha eles, informa o ‘Jornal da Madeira’, publicação da diocese.

“Jesus Cristo é a lógica do mundo, é a lógica da tua vida, é a lógica da vida dos vossos pais, da vida daqueles que vão viver depois de vocês e isso é importante que se diga”, realçou.

Neste contexto, o bispo do Funchal observou que as pessoas andam “à procura desta salvação noutros sítios” e é importante que quem encontrou Jesus seja capaz de “o mostrar e de não o guardar”.

“Deixa-te encontrar por este Jesus, percebe que Ele é a lógica da tua vida, a chave o clique que faz sentido para a tua vida e depois mostra-o. Os homens e mulheres grandes de que nós hoje nos recordamos foram os santos, aqueles que tiveram a coragem de mostrar Jesus Cristo. É do lado desses que nós queremos estar”, desenvolveu D. Nuno Brás.

A Igreja Católica promoveu este domingo, nas dioceses de todo o mundo, a sua festa anual com os jovens católicos, pela primeira vez na solenidade litúrgica de Cristo-Rei, por decisão do Papa Francisco.

Para o padre Carlos Almeida assinalar este dia dedicado à juventude no domingo de Cristo Rei é “uma provocação do Papa a todos os jovens”.

“Para que olhem para o rei que é Cristo, um rei que vem reinar de forma diferente, mas que quer reinar com toda esta pujança que a juventude tem”, explicou o coordenador do Comité Organizador Diocesano (COD) do Funchal para a Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023.

Segundo o sacerdote, quando se vê alguém que acredita em Deus “essa pessoa é ainda mais feliz” e era essa a mensagem que queriam transmitir aos jovens.

“Que Cristo está vivo, que Cristo é rei e quer reinar acima de tudo nos nossos corações e com esta alegria, com esta juventude e com esta pujança que nós temos, levá-Lo a todos os outros jovens”, desenvolveu.

O padre Carlos Almeida presidiu à Missa desta Jornada Diocesana da Juventude na igreja do Atouguia, onde existe uma relíquia de São João Paulo II, o Papa que instituiu as Jornadas Mundiais da Juventude.

CB/OC

 

Partilhar:
Share