Cancelada a Peregrinação Nacional Militar, D. Rui Valério afirma espírito que «de forma espontânea» tem levado dos militares a peregrinar

Foto: Ordinariato Castrense

Lisboa, 17 jun 2021 (Ecclesia) – A Peregrinação Nacional dos Militares a Fátima, cancelada por causa da pandemia, vai ser assinalada esta noite com uma oração mariana, juntando o bispo do Ordinariato Castrense e os cinco ramos das Forças Armadas e de Segurança.

Os militares vão unir-se, online, na recitação do terço, presidida pelo Bispo das Forças Armadas e de Segurança; e cada ramo será responsável pela dinamização de um dos cinco mistérios luminosos: Marinha, Exército, Força Aérea, GNR e PSP, indicou à Agência ECCLESIA D. Rui Valério.

O cancelamento da grande peregrinação não impediu que os diferentes ramos das Forças Armadas e de Segurança se pusessem a caminho e peregrinassem a locais de oração.

O Comando territorial de Coimbra da GNR rumou recentemente de bicicleta ao Santuário de Fátima enquanto que os militares e civis do Regimento de Cavalaria nº 3 de Estremoz realizou uma peregrinação «Pelos Caminhos de Santiago», interior alentejano.

“Houve mais iniciativas, quer do Porto rumo a Fátima, de bicicleta, como também, do Montijo”, regista o bispo das Forças Armadas e de Segurança.

“A peregrinação militar a Fátima leva muito tempo na sua organização e quando devia começar a ser organizada estávamos em confinamento. Decidiu-se que o melhor seria cancelar”, explica o responsável, que deixa o convite para uma “união espiritual” que pode ser acompanhada através da Internet.

A celebração, agendada para as 21h30, via Zoom, será igualmente transmitida na página do Facebook do Ordinariato Castrense.

LS

 

Partilhar:
Share