Lisboa, 15 nov 2019 (Ecclesia) – A fase diocesana da causa de beatificação e canonização de Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares, concluiu-se no último domingo, na Catedral de São Pedro, em Frascati, Itália.

O postulador da causa é o sacerdote português Silvestre Marques, o qual relata, em nota enviada à Agência ECCLESIA, que esta primeira fase recolheu 75 caixas de documentação, entregues à Congregação para as Causas dos Santos, na pessoa do seu prefeito, cardeal Angelo Becciu.

Em causa estão cerca de cinco anos de investigações e aprofundamento sobre a vida, as virtudes e a fama de santidade.

Chiara Lubich, nascida Silvia Lubich (Trento, 22 de janeiro de 1920 — Rocca di Papa, 14 de março de 2008) foi a fundadora do Movimento dos Focolares, um movimento que tem como finalidade a construção de um mundo unido.

OC

Partilhar:
Share