O  fim do mês de junho traz consigo o fim do ano letivo e o anseio das férias. Em tempo de pandemia também os pontos mais visitados e turísticos se tiveram de adaptar, de norte ao sul do país, da arte e devoção religiosa aos monumentos… as portas fechadas anteriormente dão agora espaço a novas regras e limitações a bem da saúde de todos.

O programa Ecclesia conversou com o diretor da Obra Nacional da Pastoral do Turismo, padre Carlos Godinho, e foi conhecer algumas adaptações na região do Algarve e no santuário do Cristo Rei, em Almada.

Partilhar:
Share