Reitor pediu oração pelos que «arriscam a vida pelo bem de todos»

Foto: Santuário de Fátima

Fátima, 12 jul 2020 (Ecclesia) – O reitor do Santuário de Fátima recordou hoje o bombeiro que perdeu a vida a combater o incêndio na Serra da Lousã, este sábado, pedindo orações por ele, “pela sua família e por todos os que ficaram feridos”.

“Nesta altura do ano convido-vos a termos presente na nossa oração todos os bombeiros e todos aqueles que, com sacrifício e perigo, arriscam a sua própria vida pelo bem de todos”, exortou o padre Carlos Cabecinhas, na homilia da Missa a que presidiu no recinto de oração.

José Augusto Fernandes, de 55 anos de idade, chefe na corporação de Bombeiros Voluntários de Miranda do Corvo, morreu este sábado enquanto combatia um incêndio em Trevim, na Serra da Lousã.

O presidente da Câmara de Miranda do Corvo, Miguel Baptista, decretou três dias de luto municipal (domingo, segunda e terça-feira) em “memória e reconhecimento” do falecido bombeiro.

Esta noite, em Fátima, inicia-se a Peregrinação Internacional Aniversária de julho, que será presidida por D. Vitorino Soares, bispo auxiliar do Porto.

Esta é segunda peregrinação do ano a ser celebrada com o recinto aberto à participação da assembleia, depois do período de confinamento imposto pela pandemia, seguindo um formato mais breve.

Durante as celebrações, o Santuário de Fátima manterá o protocolo de segurança em vigor com um renovado pedido aos peregrinos para que “respeitem o distanciamento social e o uso de máscara, bem como a higienização frequente das mãos”.

As entradas e saídas do Santuário estão “devidamente assinaladas”, acrescenta a instituição.

OC

Partilhar:
Share