Padre Carlos Cabecinhas assinala que santuário mariano «procura estar próximo de todos os peregrinos»

Foto: Santuário de Fátima

Fátima, 17 mar 2020 (Ecclesia) – O reitor do Santuário de Fátima publicou hoje uma mensagem de esperança aos peregrinos, no contexto da pandemia do Covid-19, apelando para que não sejam abandonados “os mais pobres e frágeis”.

“Este momento convida-nos a não ficarmos indiferentes ao sofrimento daqueles que nos cercam, ao procurarmos perceber de que forma podemos ajuda-los, a não esquecer e sobretudo a não deixar abandonados os mais pobres, os mais frágeis, aqueles que são pessoas de risco nesta situação”, referiu o padre Carlos Cabecinhas, mesmo seguindo “todas as indicações” das autoridades para preservar a própria “saúde e a dos outros”.

O reitor do Santuário de Fátima observa que a situação atual “é inédita também a nível de fé”, uma vez que “impede” a reunião para celebrar “a Eucaristia e os outros sacramentos”, para celebrar “juntos a fé que é algo tão importante para a consciência de vida cristã” e é também um grande desafio, por exemplo à forma de se procurar ser criativo também em “viver cristãmente este momento”.

“Um desafio a sermos criativos na procura de momentos de oração, na procura da valorização de tantas coisas que no nosso dia a dia vão ficando esquecidas, no ritmo avassalador que tantas vezes assume e em que as coisas mais importantes acabam por ficar secundarizadas”, desenvolveu o sacerdote.

Neste contexto, refere que esta paragem obrigatória forçada “é uma oportunidade” para cada um avaliar a vida, para olhar para a aquilo que é fundamental, para perceber “aquilo que realmente importa” e valorizar “a vida familiar, a vivência cristã de oração, de escuta e palavra de Deus e meditação dessa palavra”.

“É muito difícil, mas será certamente também um momento desafiador e um momento de confiança, e para nós cristãos a confiança é fundamental”, destacou o reitor do Santuário de Fátima, afirmando que “Deus nunca abandona em momento algum, menos ainda nestes momentos de provação”.

O padre Carlos Cabecinhas salienta que o santuário mariano “procura estar próximo de todos os peregrinos”, que não pudendo ir à Cova da Iria “se fazem presentes através da oração e acompanhamento das celebrações”, da Missa e do Terço, que transmitem online em direto, de segunda a domingo, todas à porta fechada, da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima: Duas missas – às 11h00 e às 19h15 – e o terço às 18h30 e 21h30.

“Nossa Senhora não nos abandonará, confiemos nela”, disse o sacerdote.

O Santuário de Fátima encerrou também todos os espaços litúrgicos, expositivos e museológicos, mantendo apenas abertas as Capelas da Reconciliação e do Santíssimo Sacramento, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, e a Capelinha das Aparições.

Foram igualmente suspensas ou canceladas todas as atividades culturais e pastorais até à Páscoa, os Retiros de Doentes e as jornadas internacionais de maio com o tema ‘As crianças, a morte e o luto’.

“Estamos a viver tempos inéditos, tempos especiais de provação, estamos a experimentar situações que não conhecíamos que alteram completamente o ritmo habitual das nossas vidas”, começou por referir o padre Caros Cabecinhas no vídeo publicado na página do Santuário de Fátima na rede social Facebook.

Em Portugal, há 4030 casos suspeitos e 448 confirmados de infeção do novo coronavírus, informou a Direção-Geral da Saúde, indicando também que 242 estão a recuperar em ambiente domiciliário e 206 estão internados, 17 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos.

CB/OC

O Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, face aos acontecimentos, no contexto da pandemia do COVID-19, deixou uma mensagem de esperança aos peregrinos

O Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, face aos acontecimentos, no contexto da pandemia do COVID-19, deixou uma mensagem de esperança aos peregrinos. “Estamos a viver tempos inéditos, tempos especiais de provação, estamos a experimentar situações que não conhecíamos que alteram completamente o ritmo habitual das nossas vidas”, disse o sacerdote. “O Santuário de Fátima procura estar próximo de todos os peregrinos, que não pudendo vir aqui se fazem presentes através da oração e acompanhamento das nossas celebrações”, reiterou. O santuário de Fátima decidiu, assegura a transmissão em direto, através da internet, de quatro celebrações diárias, de segunda a domingo, todas celebradas à porta fechada.

Publicado por Santuário de Fátima em Terça-feira, 17 de março de 2020

Partilhar:
Share