Foto: Santuário de Fátima

Fátima, 12 jan 2021 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima informou hoje que estão previstas 15 viagens das imagens da Virgem Peregrina de Fátima, para levar “esperança em tempos de pandemia” a países de três continentes.

Na informação publicada online, o Santuário de Fátima assinala que a “novidade” este ano é a viagem da Imagem da Virgem Peregrina n.º 8 à Diocese de Kaya, no Burquina Faso (África), neste mês de janeiro, uma visita que esteve agendada para 2020 e foi adiada por causa da pandemia.

A Imagem da Virgem Peregrina de Fátima vai também visitar regiões de Portugal, Espanha e Itália, na Europa; a Nicarágua, Argentina, o Brasil e o Chile, na América Latina.

Em Portugal, a Imagem da Virgem Peregrina n.º 2 vai estar nas paróquias de Botão, Brasfemes, Souselas e Torre de Vilela, na Diocese de Coimbra, de 1 de maio a 10 de junho; ena paróquia de Roliça, Patriarcado de Lisboa, de 15 de junho a 30 de junho.

Ainda na Diocese de Lisboa, as paróquias de Alhandra e S. João dos Montes vão receber a Imagem da Virgem Peregrina n.º5, no mês de maio; depois viaja para a paróquia brasileira de Nossa Senhora das Dores, em Fortaleza, de 5 setembro a 15 setembro.

A Imagem da Virgem Peregrina n.º 6  está na Nicarágua há um ano, desde janeiro de 2020, e ali vai permanecer até junto, num périplo por nove dioceses e cerca de 360 paróquias.

O Santuário de Fátima informa que as deslocações das diferentes imagens da Virgem Peregrina de Fátima podem “sofrer alterações” por causa dos “acontecimentos da emergência sanitária que o mundo enfrenta”.

A primeira Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, feita segundo as indicações da Irmã Lúcia, foi oferecida pelo bispo de Leiria e coroada solenemente pelo arcebispo de Évora, em 13 de maio de 1947, e percorreu, por diversas vezes, o mundo inteiro, “levando consigo uma mensagem de paz e amor”; posteriormente, foram feitas 13 réplicas, para “dar resposta aos imensos pedidos provenientes de todo o mundo”.

CB/OC

 

Partilhar:
Share