Bispo de Beja presidiu a peregrinação diocesana à Cova da Iria

Foto: Santuário de Fátima

Fátima, 27 jun 2022 (Ecclesia) – O bispo de Beja presidiu este domingo à Missa no Santuário de Fátima, que acolheu a peregrinação da diocese alentejana, desafiando os jovens a “não ter medo”.

“Jovens aqui presentes, se hoje ouvirdes a voz do Senhor não fecheis o vosso coração, se Ele te chama para lhe dares a tua vida e anunciares o seu evangelho, não fiques parado olhando para os teus pecados e considerando-te indigno. Não tenhas medo”, declarou.

Em 2022, a Diocese de Beja, comemora 75 anos da peregrinação da Imagem de Nossa Senhora venerada na Capelinha das Aparições, às suas paróquias, destaca o Santuário de Fátima.

D. João Marcos anunciou que de outubro a dezembro, uma Imagem da Virgem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, estará naquela diocese, lembrando a efeméride.

“Sustentada pelo dinamismo do Espírito Santo, Maria continua a pôr-se a caminho, e assim nos ajuda a caminhar como discípulos de Jesus, e a viver a nossa vida como peregrinação para a casa do Pai”, disse, numa intervenção citada pelo Santuário da Cova da Iria.

A caridade, pela qual nos colocamos ao serviço dos outros, é, de facto, a virtude básica daqueles que renasceram do alto e se tornaram filhos adotivos de Deus, discípulos e herdeiros de Jesus Cristo Nosso Senhor”.

O bispo de Beja sublinhou várias condições necessárias para seguir Jesus.

“É o Senhor que, no seu amor por nós, nos chama e nos elege, e habitualmente, o Senhor não escolhe os que humanamente são mais capazes, mas capacita aqueles que escolhe”, apontou.

OC

Partilhar:
Share