D. Francisco Senra Coelho destaca percurso do sacerdote ao serviço da arquidiocese e da Comunicação Social

Évora, 06 ago 2019 (Ecclesia) – A Arquidiocese de Évora anunciou hoje o falecimento do Salvador dos Santos, um dos fundadores e primeiro presidente da Direção da Associação de Imprensa de Inspiração Cristã (AIC), aos 68 anos de idade.

“Segundo informações familiares, partiu para a Casa do Pai pelas 09h15 horas, dia 6 de agosto, Festa Litúrgica da Transfiguração do Senhor” refere o arcebispo diocesano, D. Francisco Senra Coelho, em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O responsável assinala que se encontrou com o sacerdote esta segunda-feira, no Hospital do Espírito Santo de Évora, onde foi “acompanhado diariamente com a Eucaristia pelos zelosos capelães”.

“A Arquidiocese sente-se de luto pela partida deste distinto presbítero, cónego capitular da Basílica Metropolitana de Évora, pároco da Nossa Senhora da Boa Fé e S. Sebastião da Giesteira, na Vigararia de Évora”, escreve D. Francisco Senra Coelho.

Também em nota enviada à Agência ECCLESIA, a Direção da AIC expressa “profundo pesar “pelo falecimento do cónego António Salvador Santos, fundador e primeiro presidente da Associação, que evoca como “o sacerdote e jornalista que mais se empenhou na fundação” da mesma, em 1993, “mais energias entregou a esta causa e mais se comprometeu com a defesa dos títulos da imprensa regional, apostando numa comunicação social de proximidade e na relevância que as páginas de centenas de jornais e revistas dão aos leitores e às regiões aonde chegam”.

“No momento de pesar pelo seu falecimento, a Direção da Associação de Imprensa de Inspiração Cristã agradece ao cónego Salvador Santos, aos seus familiares, à Arquidiocese de Évora e ao jornal e à gráfica ‘A Defesa’ por tudo o que fica na história da imprensa regional e local em Portugal graças ao empreendedorismo do cónego António Salvador Santos”, destaca o texto.

O falecido sacerdote, ordenado em junho de 1978, foi diretor do Semanário “A Defesa”, gerente da Rádio Sim Alentejo, presidente da “Fraternidade Sacerdotal de Évora” e administrador da Sociedade Instrutiva Regional Eborense – Gráfica Eborense, cargo que exerceu até ter ficado doente.

A Arquidiocese de Évora informa que, por vontade expressa do cónego Salvador dos Santos, os seus restos mortais ficarão em câmara ardente na igreja paroquial de Nossa Senhora da Boa-Fé, a partir das 17h00.

Na quarta-feira,  às 10h00, na igreja paroquial de Nossa Senhora da Boa-Fé, será celebrada Missa de corpo presente, a que se segue o cortejo fúnebre, para a Igreja do Espírito Santo, em Évora, onde, pelas 14h00, o arcebispo de Évora preside às exéquias.

O funeral segue para o Cemitério dos Remédios, em Évora, onde o falecido sacerdote será sepultado.

OC

Notícia atualizada às 17h00

Partilhar:
Share