D. Francisco Senra Coelho pede às comunidades que «continuem a manter grande proximidade» com as novas gerações

Évora, 25 mar 2020 (Ecclesia) – O arcebispo de Évora pediu às comunidades católicas que participem na oração do Rosário e Consagração de Portugal e Espanha ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria, que decorre hoje às 18h30, em Fátima.

“Este ato reveste-se de especial significado no contexto da História da Igreja em Portugal, na qual a devoção mariana e ao Sagrado Coração de Jesus sempre se revestiram de grande importância”, explica D. Francisco Senra Coelho, numa mensagem enviada à Agência ECCLESIA.

A Conferência Episcopal Portuguesa e a Conferência Episcopal Espanhola promovem esta tarde uma oração “pelas vítimas do novo coronavírus, seus familiares e trabalhadores sanitários”, esta quarta-feira, no Santuário de Fátima, e que termina com a consagração dos dois países, sob a presidência do cardeal D. António Marto.

Na mensagem ‘Discípulos Missionários da Esperança em Consagração’, o arcebispo de Évora pede que procurem “todos estar em sintonia espiritual” nesta oração do Rosário e de Consagração, que vai ser transmitida por várias plataformas de rádio e de televisão: Rádio Renascença, RTP Memória (disponível na TDT), Canção Nova, nas redes do Santuário de Fátima e da Agência ECCLESIA.

Neste contexto, D. Francisco Senra Coelho informa que a Missa celebrada na Capela da Casa Arquiepiscopal de Évora não vai ser transmitida hoje mas adianta que a Eucaristia vai passar a ser transmitida online às sextas-feiras, pelas 19h00, “dia especialmente consagrado à Paixão do Senhor”, e aos domingos, também às 19h00.

“Verificamos o enorme zelo pastoral que os sacerdotes da nossa arquidiocese têm assumido no acompanhamento dos fiéis através das diversas possibilidades digitais, incluindo a transmissão da Eucaristia e de outros atos de piedade como Oração do Terço, da Via Sacra, e da Adoração ao Santíssimo”, destaca o arcebispo de Évora, que exorta os fiéis a ligarem-se às suas comunidades e a acompanharem “com interesse e dedicação” as iniciativas dos seus párocos.

D. Francisco Senra Coelho recomenda a todas as Comunidades que “continuem a manter grande proximidade com as novas gerações”, nomeadamente, com os grupos da Catequese da Infância e da Adolescência e com os grupos ligados à Pastoral Juvenil.

Neste contexto, o arcebispo de Évora lembra com “particular esperança” a necessidade de continuarem a caminhar em direção às Jornadas Mundiais da Juventude (em Lisboa, em 2022), com o auxílio didático do material catequético ‘Say Yes’.

“Que através das novas tecnologias consigamos religarmo-nos a esta dinâmica repleta de esperança”, conclui na mensagem publicada online onde espera que encontrem processos para se manterem “unidos e em caminhada humana e cristã com as novas gerações”.

CB/OC

Partilhar:
Share