Francisco assina prefácio de livro com reflexões de Bento XVI

Cidade do Vaticano, 12 set 2021 (Ecclesia) – O Papa alertou num texto publicado hoje para a perda do sentido da “sacralidade” da vida humana na Europa.

“Hoje, na Europa, perde-se cada vez mais a ideia de respeito por cada vida humana, a partir da perda da consciência da sua sacralidade, isto é, a partir do ofuscamento da consciência de que somos criaturas de Deus”, escreve, na introdução ao livro “Verdadeira Europa, identidade e missão”, uma recolha de textos de Joseph Ratzinger-Bento XVI (ed. Cantagalli).

A obra assinala o 50.º aniversário das relações diplomáticas entre a Santa Sé e a União Europeia.

Francisco sublinha as “raízes” da Europa, ligadas ao seu património cristão, apresentando a figura de Jesus como “centro da história europeia e o fundamento do verdadeiro humanismo, de uma nova humanidade”.

O Papa elogia a “coragem” do seu predecessor, em particular no que respeita às consequências da “dramática renúncia à ideia da criação”.

Francisco refere ainda que Bento XVI mostra um caminho de esperança e de alegria, “para o renascimento da Europa”.

OC

Hungria/Eslováquia: D. José Cordeiro assinala que visita do Papa pode «ser vista como» uma porta de entrada para o Leste Europeu

Partilhar:
Share