Iniciativa promove a plantação de 1000 pinheiros-bravos no lugar onde decorreu o ACAREG 2019

Foto: CNE

Aveiro, 27 fev 2020 (Ecclesia) – Os Escuteiros da região de Aveiro vão plantar, no próximo sábado, 1000 pinheiros-bravos em Porto de Vide, Anadia, o lugar onde decorreu o Acampamento Regional de 2019.

“Os escuteiros voltam ao local de acampamento para plantar mil exemplares de pinheiro-bravo, um “ScoutPine” que deverá contar com a participação de mais de duas centenas de escuteiros e dirigentes em representação de todos quantos participaram no ACAREG 2019”, informa uma nota enviada hoje à Agência ECCLESIA.

Álvaro Castanheira, dirigente no agrupamento de escuteiros 221 de Anadia e secretário pedagógico da Junta Regional de Aveiro afirma que esta é uma “pequena atividade” que vale, sobretudo, pelo seu “significado enorme”. 

“Uma das nossas missões como escuteiros e cidadãos do mundo é a promoção e defesa da floresta, local privilegiado de muitas das nossas atividades” e ações ambientais como o ScoutPine ajudam a “sensibilizar os escuteiros para a importância que a floresta e a sua biodiversidade possuem”.

Esta ação de reflorestação, que acontece a 29 de fevereiro, vem na sequência do compromisso assumido com o proprietário do terreno onde se realizou o ACAREG 2019, de 27 de julho a 2 de agosto, onde estiveram mais de 2500 escuteiros e dirigentes da região de Aveiro.

O ACAREG 2019 foi o primeiro acampamento de escuteiros em Portugal a receber o selo “Ecoevento” da ERSUC, galardão que identifica eventos que se destacam pelo compromisso para com a redução dos resíduos produzidos, a separação de embalagens e a recolha seletiva e respetivo encaminhamento para reciclagem dos resíduos recolhidos.

SN

Partilhar:
Share