Encontro decorreu no Parque Temático, em Santana

Santana, Madeira, 01 jun 2019 (Ecclesia) – O parque Temático da Madeira, em Santana, acolheu esta sexta-feira quase um milhar de alunos de EMRC dos 2º e 3º Ciclos dos Ensinos Básico e Secundário, que frequentam a disciplina no arquipélago.

Presente na iniciativa do Departamento do Ensino da Igreja nas Escolas (DEIE), D. Nuno Brás, bispo do Funchal, lembrou aos alunos que “ninguém nasce cristão” e que a descoberta do cristianismo se realiza porque “alguém anuncia um amor maior”.

O prelado desafiou os mais novos a mostrarem a outros “que ser cristão é ser feliz” porque “ser cristão é demasiado bom para nós ficarmos com isso só para nós”, numa intervenção citada pelo portal ‘Educris’, do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC).

Jorge Carvalho, secretário regional de Educação, pediu aos alunos que “pratiquem os valores e os princípios da tolerância, do respeito, da solidariedade e acima de tudo, sejam felizes”.

O responsável político agradeceu à Diocese do Funchal o empenho na ação educativa, na missão de colaborar com o sistema educativo, na educação religiosa das crianças e jovens, e reafirmou o compromisso do governo regional “no apoio à efetivação desta opção em contexto escolar e no apoio às escolas confessionais”.

O XI Encontro regional da EMRC teve como objetivo a “sensibilização da comunidade, em geral, para a importância da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica” e pretendeu das a conhecer “as tradições regionais” sempre com a preocupação do “cuidado pela Natureza”, feriu ao Educris Maria José Fernandes, do DEIE.

OC

Partilhar:
Share