Xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan destacou valor da «tolerância», durante cerimónia privada

Abu Dhabi, 04 fev 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco encontrou-se hoje em Abu Dhabi com o príncipe herdeiro, xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan, para a cerimónia oficial de boa-vindas aos Emirados Árabes Unidos.

O primeiro pontífice católico a visitar a península arábica foi recebido no palácio presidencial pela guarda de honra a cavalo, numa cerimónia com honras militares.

Francisco e Mohammed bin Zayed Al Nahyan conversaram durante cerca de 20 minutos, tendo o Papa assinado o livro de honra do palácio, onde deixou votos de bênçãos divinas de “paz e solidariedade fraterna”.

O príncipe herdeiro recorreu à rede social Twitter para comentar o encontro, mostrando-se “encantado” por poder receber o Papa numa terra de “tolerância”.

“Debatemos a cooperação crescente, a consolidação do diálogo, a tolerância, a coexistência humana e as importantes iniciativas para obter paz, estabilidade e desenvolvimento para os povos e sociedades”, escreveu.

Um dos momentos do encontro com o príncipe herdeiro foi a troca de presentes: o Papa ofereceu ao xeque Mohammed bin Zayed Al Nayan uma medalha, tendo em primeiro plano uma imagem que retrata o encontro entre São Francisco de Assis e o sultão Malek al-Kamel, ocorrido em 1219, ressaltando assim o caráter inter-religioso da visita; já o príncipe herdeiro ofereceu a escritura notarial, com a data de 22 de junho de 1963, da doação do terreno para a construção da primeira igreja nos Emirados Árabes Unidos, acompanhada por duas fotografias.

Durante a tarde, Francisco participa no Encontro Inter-religioso sobre a fraternidade humana, ocasião em que pronuncia o seu primeiro discurso, após um encontro privado com os membros do Conselho Islâmico dos Anciãos, na Grande Mesquita do xeque Zayed.

O Papa será recebido pelo grande imã de al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb.

O Conselho é uma organização internacional independente, com sede em Abu Dhabi, que promove a paz nas comunidades islâmicas.

A viagem pontifícia decorre até terça-feira, incluindo encontros com a comunidade católica.

OC

 

Partilhar:
Share