34ª Semana Nacional de Migrações Vai iniciar-se no dia 5 de Agosto, com a Peregrinação dos Africanos a Fátima, a vigília da 34ª Semana Nacional de Migrações promovida pela Comissão Episcopal da Mobilidade Humana (CEMH). O momento nacional culminante desta semana sem fronteiras, acontecerá no Santuário de Fátima – lugar de universalidade – com a Peregrinação Internacional do Migrante e Refugiado, nos dias 12 e 13 de Agosto. Estão convidadas as Comunidades portuguesas e seus missionários em férias nas suas aldeias de origem, as várias e diferentes Comunidades de imigrantes em Portugal – africana, brasileira, europeia de leste, entre outras – assim, como a pequena comunidade de refugiados a viver em liberdade e segurança em Portugal. Todos no coração da Igreja! Estarão presentes como sinal da comunhão da acção da Igreja em prol dos migrantes, os bispos D. Dionisio Lachovicz, responsável pela Pastoral dos Ucranianos no Exterior, D. Joseph Voss, presidente da Comissão Episcopal das Migrações da Alemanha e D. António Vitalino, presidente da Comissão Episcopal da Mobilidade Humana de Portugal. Três representantes da solicitude duma mesma Igreja universal para com a mobilidade humana que atravessa particularmente o nosso país: portugueses na Alemanha e ucranianos em Portugal. O encerramento oficial desta semana de sensibilização, encontro e oração acontecerá no dia 13 de Agosto, com a Jornada de Solidariedade das Comunidades Cristãs com a Pastoral da Mobilidade Humana que a Igreja desenvolve em favor dos em favor dos migrantes, marítimos, ciganos, deslocados, refugiados e irregulares. Além do ofertório nacional realizado em todas as paróquias, nesse domingo acontecerá ainda em Fátima, no Auditório Paulo VI, uma Tarde de Evangelização para a Comunidade Ucraniana, da responsabilidade da Capelania Nacional dos Ucranianos. Uma semana a pensar e a recordar todas as categorias de pessoas envolvidas na mobilidade, a celebrar na fé a dupla condição do nosso país – emigração e imigração – e, a “ousar a memória” de uma Igreja missionária que sempre acompanhou os seus “filhos” em diáspora pelo mundo e que carece de um renovado compromisso diante das urgentes necessidades das novas rotas da emigração portuguesa. A semana, este ano, além de dedicada como é costume aos Portugueses no Mundo, é também co-dedicada, de forma particular, aos ucranianos em Portugal. Assim, como acto final da “visita pastoral”, iniciada dia 9 de Agosto, do Bispo D. Dionisio Lachovicz, responsável pelas Comunidades Católicas Ucranianas no Exterior, irá realizar-se uma celebração, dia 15 de Agosto – Solenidade da Assunção de Maria – para a Comunidade Católica Ucraniana da Área Metropolitana de Lisboa.

Partilhar:
Share