Papa Francisco é «estrela» do filme que conta com «outras vozes» que representam «periferias da crise ecológica»

Cidade do Vaticano, 28 set 2022 (Ecclesia) – O Movimento ‘Laudato Si’ lança hoje o documentário “A Carta”, que tem o Papa Francisco como “estrela do filme”, no dia da festa litúrgica de São Francisco de Assis, a partir das 18h30 de Roma (menos uma hora em Lisboa).

“O filme vai estrear na Cidade do Vaticano a 4 de outubro, festa de São Francisco de Assis, que encerra o Tempo da Criação. No mesmo dia estará disponível no YouTube gratuitamente”, informa o movimento, iniciativa católica global pelo clima, em nota enviada à Agência ECCLESIA.

O documentário “A Carta” (The Letter), conta a “história da carta encíclica Laudato Si’ e detalha a emergência ecológica.

“O Papa Francisco é a estrela do filme. Ele generosamente passou um tempo connosco durante a produção, partilhando sua profunda sabedoria”, adianta.

Outras vozes também são apresentadas, representando as periferias da crise ecológica, como “uma ativista adolescente da Índia, um líder indígena da Amazónia, um refugiado climático do Senegal e cientistas do Havai”.

“As histórias proféticas de Ridhima, Cacique Dadá, Arouna e Robin e Greg – heróis da vida real dentro e fora do filme – e seu diálogo pessoal com o Papa, em particular, foi inestimável”, indica.

Intitulada a “maior iniciativa” do movimento Laudato Si’ “até agora”, o filme “A Carta” “é fruto de alguns anos de trabalho em parceria com a produtora Off the Fence (vencedora do Oscar por Meu Professor Polvo) e o Vaticano”.

O comunicado salienta que o “filme explica de maneira impactante, o grito da terra e o grito dos pobres” e a realidade das “secas, inundações, incêndios florestais, furacões, desflorestação, tudo só piora”.

A Universidade Católica Portuguesa também se associa ao lançamento deste documentário, na conclusão da iniciativa ecuménica do ‘Tempo da Criação’, através da sua divulgação, e o seu vice-reitor, o padre José Manuel Pereira de Almeida, deseja que “seja uma bela ocasião de diálogo para todos”.

O Movimento Laudato Si’, iniciativa católica global pelo clima, informa que a partir das 18h30 (menos uma hora em Lisboa) desta terça-feira pode-se assistir ao filme completo, em inglês com legendas automáticas do Youtube.

organização do movimento mundial trabalha agora com os “líderes e membros do movimento para que o filme seja exibido no maior número possível de paróquias e comunidades em todos os continentes” bem como na angariação de fundos para realizar as exibições.

SN/CB

 

Partilhar:
Share