Resiliência, capacidade de conciliação de diferentes tarefas e papeis num pequeno espaço, desde março que andamos a adiar a gratificação apoiados na esperança. Margarida Cordo, psicóloga e psicoterapeuta familiar explica que a perfeição não existe e que não faz mal pedir ajuda e assumir-se humano: entre o possível e o desejável é importante saber que se caminha de possível em possível.

 

Partilhar:
Share