Terça-feira é dia de luto no Estado do Vaticano, com bandeiras a meia haste pelas vítimas

Cidade do Vaticano, 31 mar 2020 (Ecclesia) – O Papa rezou hoje no Vaticano pelos sem-abrigo, em tempos de pandemia, pedindo a ação da sociedade e da Igreja em favor desta população.

“Rezemos hoje pelos que estão em situação de sem-abrigo, neste momento em que nos é pedido para estar dentro de casa: para que a sociedade de homens e mulheres se aperceba desta realidade, os ajude, e a Igreja os acolha”, disse, antes da Missa a que presidiu na Capela da Casa de Santa Marta, com transmissão online.

A celebração aconteceu num dia de luto no Estado da Cidade do Vaticano, com bandeiras a meia haste pelas vítimas da Covid-19.

O diretor da sala de imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, anunciou em comunicado que a iniciativa vista “exprimir a proximidade” do Vaticano “com as vítimas da pandemia na Itália e no mundo, as suas famílias e a quantos lutam generosamente” para travar a doença.

A iniciativa foi lançada pela Anci, a associação que reúne os municípios italianos.

A Itália registou até agora 11591 mortes, o número mais alto no mundo; a Espanha tem 7340 mortes, a China continental 3304, a França 3024 e os EUA 2828 óbitos registados.

OC

Na sua homilia, Francisco falou sobre o poder salvífico de Jesus Cristo, que assumiu “todos os pecados” da humanidade, na cruz.

“Temos de habituar-nos a olhar sob esta luz, que é a mais verdadeira, é a luz da redenção”, indicou.

A Missa concluiu-se com a adoração e a bênção eucarística.

Covid-19: Resposta solidária do Vaticano e da Cáritas da Itália

Covid-19: «Deixe lá menina, quando for possível abraçamo-nos» – Testemunho voluntário da Comunidade Vida e Paz (c/vídeo)

Partilhar:
Share