Francisco inicia novo ciclo semanal de catequeses

Foto: Vatican Media

Cidade do Vaticano, 06 mai 2020 (Ecclesia) – O Papa iniciou hoje um novo ciclo de catequeses semanais, convidando os católicos a redescobrir o valor da oração.

“Os tempos difíceis que vivemos são favoráveis a redescobrir a necessidade da oração na nossa vida. Abramos as nossas portas do nosso coração de par em par ao amor de Deus, nosso Pai, que saberá ouvir-nos”, disse, durante a audiência geral que foi transmitida online, desde a biblioteca do Palácio Apostólico do Vaticano.

A reflexão partiu do episódio da cura de um cego, Bartimeu, relatada nos Evangelhos, que chama a atenção de Jesus com os seus gritos.

“A fé é um grito, a falta de fé é sufocar esse grito. É como um ‘silêncio’. A fé é um protesto contra uma condição dolorosa da qual não entendemos o motivo; a falta de fé é aceitar viver uma situação à qual nos adaptamos”, referiu Francisco.

O Papa citou o Catecismo da Igreja Católica para realçar que “a humildade é o fundamento da oração”.

“Mais forte do que qualquer argumento contrário, no coração humano há uma voz que invoca. Uma voz que sai espontaneamente, sem que ninguém a comande, uma voz que questiona o significado do nosso caminho aqui em baixo, sobretudo quando nos encontramos na escuridão”, acrescentou.

Após a catequese, Francisco deixou saudações em várias línguas, incluindo o português: “Queridos amigos, a oração abre a porta da nossa vida a Deus e ajuda-nos a sair de nós mesmos, para ser solidários com os outros que vivem na provação”.

“Assim, sobretudo neste momento de pandemia, poderemos levar-lhes consolação, luz e esperança”, acrescentou.

O Papa associou-se à oração da “Súplica a Nossa Senhora do Rosário”, que vai decorrer esta sexta-feira no santuário italiano de Pompeia.

“Exorto todos a unir-se espiritualmente a este ato popular de fé e de devoção, para que, por intercessão da Virgem Santa, o Senhor conceda misericórdia e paz à Igreja e todo o mundo”, apelou.

OC

Partilhar:
Share