Francisco pede que «ninguém se sinta excluído ou abandonado» em mensagem à Conferência Episcopal Peruana

Cidade do Vaticano, 19 fev 2021 (Ecclesia) – O Papa Francisco pediu que “ninguém se sinta excluído ou abandonado” numa mensagem ao presidente da Conferência Episcopal Peruana, no âmbito da campanha solidária “Respira Peru”, que pretende acabar com a falta de oxigénio.

“Fazer com que a ternura de Deus chegue a todos através do cuidado, construindo uma sociedade mais humana e fraterna na qual nos esforcemos para que ninguém fique sozinho, que ninguém se sinta excluído ou abandonado”, pede o Papa Francisco.

A campanha ‘Respira Peru’, que começa este sábado, 20 de fevereiro, é uma maratona telefónica que pretende colmatar a falta de oxigénio no país, pretende angariar recursos para comprar respiradores e receber doações para a Conferência Episcopal peruana, bem como angariar equipamentos médicos e de proteção destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19.

O Papa começa a mensagem com uma saudação aos organizadores e colaboradores desta iniciativa solidária, que estão a “fazer tanto bem em ajudar as pessoas que sofrem por causa da Covid-19 e as suas famílias”.

O portal ‘Vatican News’ informa que a mensagem do Papa para o arcebispo de Trujillo e presidente da Conferência Episcopal Peruana, D. Miguel Cabrejos Vidarte, foi enviada esta quinta-feira, e assinado pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin.

A Campanha ‘Respira Peru’ (segunda edição) é organizada pela Conferência Episcopal Peruana, em colaboração com a Sociedade Nacional das Indústrias e com a Universidade Santo Inácio de Loyola, começa às 17h00 locais, através do canal Panamericana Televisión.

CB

 

Partilhar:
Share