Bispos católicos apelam à oração em «situação dramática»

Lisboa, 25 mar 2020 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) anunciou hoje que os episcopados católicos de 20 países se vão associar hoje à oração de consagração de Portugal e Espanha ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria.

A cerimónia vai decorrer hoje na Basílica de Nossa Senhora de Fátima, a partir das 18h30, sob a presidência do cardeal António Marto, bispo diocesano e vice-presidente da CEP.

“Mais 20 conferências episcopais de todos os continentes aderiram, assim como numerosos fiéis de todo o mundo, a esta oração a partir de Fátima. Essas conferências serão referidas na introdução à oração de consagração e, de forma genérica, na própria oração”, anuncia uma nota informativa da CEP enviada à Agência ECCLESIA esta tarde.

A Oração do Rosário e Consagração de Portugal foi anunciada na última sexta-feira pelos bispos católicos, tendo-se seguido a adesão de Espanha e vários outros países; a cerimónia vai ser transmitida pela televisão, rádio e plataformas digitais.

“Nesta situação dramática que estamos a passar devido ao Covid-19, procuremos estar em comunhão espiritual, rezando o Rosário segundo os mistérios gozosos e a consagração aos Corações de Jesus e de Maria, em sintonia com as intenções de todo o mundo e em particular do nosso país”, indica a nota da CEP.

A iniciativa surge em resposta ao pedido de um conjunto de leigos que reuniu milhares de assinaturas.

Em nota oficial, a Conferência Episcopal Espanhola anunciou que se associava à iniciativa, participando na “consagração de toda a Península Ibérica, Portugal e Espanha, com as suas respetivas ilhas, ao Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria, a quem se tem uma arraigada devoção em tantas dioceses”.

A 20 de outubro de 2019, os bispos católicos de Portugal consagraram a Igreja Católica ao Sagrado Coração de Jesus, em Fátima, durante a Missa de encerramento do Ano Missionário, assinalando também os 175 anos de presença nacional do Apostolado da Oração.

A primeira consagração de Portugal ao Imaculado Coração de Maria aconteceu no dia 13 de maio de 1931, oito meses depois do reconhecimento oficial das aparições pelo bispo de Leira, no final da primeira peregrinação nacional do Episcopado português a Fátima.

OC

Partilhar:
Share