Comunicado destaca que igrejas «são e sempre foram lugares seguros»

Foto: Jornal da Madeira/Duarte Gomes

Funchal, Madeira, 24 nov 2021 (Ecclesia) – A Diocese do Funchal anunciou hoje a manutenção da celebração das tradicionais ‘Missas do Parto’, na novena que antecede o Natal, sem os tradicionais convívios no exterior das igrejas, após as celebrações.

A posição foi divulgada, em comunicado, após uma reunião do bispo diocesano, D. Nuno Brás, e o Conselho Presbiteral, organismo representativo do clero.

“As igrejas são lugares seguros. Continua a haver a obrigação do uso da máscara e da desinfeção das mãos”, sublinha a nota, enviada à Agência ECCLESIA.

A diocese sublinha que os sacerdotes “irão sempre recomendar a vacinação e a testagem semanal”, tal como foi solicitado pelo Governo Regional, face ao agravamento da situação pandémica na Madeira.

À imagem do que aconteceu em 2020, as paróquias “não irão promover as romagens na Noite de Natal”.

O ‘Jornal da Madeira’, publicação diocesana, precisa que o Conselho Presbiteral decidiu tomar estas medidas “depois das recomendações emanadas pelas autoridades de saúde regionais, e sempre em diálogo com as mesmas”.

D. Nuno Brás referiu que “a grande maioria dos sacerdotes já se inclinavam para esta decisão”.

As medidas não têm qualquer impacto na lotação das igrejas.

OC

Partilhar:
Share