Bispos católicos recorda «grave crise» que atinge o país sul-americano

Caracas, 09 abr 2021 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal Venezuelana (CEV) pediu ajuda da comunidade internacional para a vacinação contra a Covid-19, sublinhando a “grave crise” que atinge a população do país sul-americano.

“Pedimos às nações do mundo e aos organismos multilaterais que se ocupam da distribuição das vacinas que deem os passos certos para colaborar com o nosso povo, permitindo o envio das vacinas sem que isso implique um pesado fardo para nossa nação, atingida por uma grave crise desde há vários anos”, refere uma comunidade dos bispos católicos, divulgado esta quinta-feira.

A CEV destaca que a população “tem direito a ser devidamente atendida, tanto na prevenção como nos cuidados médicos necessários”.

“É uma urgência que deve ser enquadrada no apelo à prática do mandamento do amor fraterno”, destacam os bispos.

“Não podemos esperar mais”, indicam os responsáveis, defendendo que a vacinação seja realizada “sem exceção ou discriminação”.

A CEV dirige-se às autoridades sanitárias e entidades públicas e privadas da Venezuela, pedindo que pensam “no bem das pessoas que devem servir”.

OC

Partilhar:
Share