Sobretudo aos mais atingidos de muitos modos por esta pandemia.

Foto Samuel Mendonça – D. Manuel Quintas

Faro, 23 Jan 2021 (Ecclesia) – O bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, exortou o clero e os consagrados da diocese a que continuem a manter a “proximidade” a todos, “sobretudo aos mais atingidos de muitos modos por esta pandemia”.

“O impedimento de podermos estar face a face com as nossas comunidades e viver a expressão mais alta e mais profunda da nossa comunhão (celebração eucarística), leva-nos a abrir ainda mais o nosso coração a todos, exprimindo-lhes, pelos meios ao nosso alcance, a nossa proximidade, sobretudo aos mais atingidos de muitos modos por esta pandemia, alimentando-as com a Palavra de Deus e outras formas de oração e fomentando de modo particular a oração e a catequese em família e, sobretudo, a celebração do domingo em família, com a participação online na Eucaristia e a comunhão espiritual”, escreveu D. Manuel Quintas num email enviado aos padres, diáconos e religiosos, lê-se no jornal «Folha do Domingo».

O bispo diocesano contactou aqueles responsáveis após a Conferência Episcopal Portuguesa ter anunciado a suspensão das celebrações comunitárias da Missa, na sequência do agravamento da pandemia de Covid-19 no país.

D. Manuel Quintas recorda ainda a Nota da CEP, aprovada na Assembleia de novembro último, intitulada ‘Celebrar e viver a fé em tempo de pandemia’.

LFS

Partilhar:
Share