Unidade Móvel de Medicina vai começar a funcionar a partir de 06 de setembro

Coimbra, 28 ago 2018 (Ecclesia) – Um projeto de Unidade Móvel de Medicina, feito em parceria com a Cáritas Diocesana de Coimbra, vai facilitar o acesso das populações da região a cuidados de fisioterapia e de reabilitação física.

Em comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o organismo católico explica que se trata de um projeto desenvolvido a pensar sobretudo nas “populações mais distantes dos centros urbanos”.

“Conscientes que muitos utentes/clientes sentem todos os dias inúmeras dificuldades na acessibilidade a estes serviços, quer a Cáritas de Coimbra descentralizá-los com a criação desta Unidade Móvel que transitará pela região, divulgando e promovendo serviços de fisioterapia”, pode ler-se.

De acordo com a mesma fonte, este projeto resulta de um “sonho” idealizado pelo fisioterapeuta Joaquim Paulo e que irá abranger várias áreas de intervenção: Neurologia; Músculo-esquelética; Desportiva; Cardiorrespiratória; Oncológica; Pediátrica; Gerontologia; Infiltrações; Mesoterapia; Sessões individuais de fisioterapia.

O lançamento oficial desta Unidade Móvel da Clínica de Medicina Física e de Reabilitação, que começou por ser testada nos Jogos Europeus Universitários 2018, está previsto para o próximo dia 06 de setembro, no Estádio Universitário de Coimbra, a partir das 18h00.

“Pretende-se assim assegurar uma reabilitação de utentes/clientes que seja capaz de garantir uma maior qualidade de vida, com um impacto a curto, médio e longo prazo em todo o sistema de cuidados de saúde, nomeadamente ao nível da redução de custos com transportes, quer por parte do utente quer pelos sistemas convencionados”, completa a Cáritas Diocesana de Coimbra.

JCP

Partilhar:
Share