Diocese transmite início e final da celebração da capela da Casa Episcopal pela internet

Foto: Arlindo Homem

Coimbra, 20 mar 2020 (Ecclesia) – O bispo de Coimbra convidou a fazer da iniciativa ‘24 horas para o Senhor’, que começa hoje, uma “oportunidade de fazer um programa familiar”, pela impossibilidade de participar comunitariamente nas paróquias.

“Um programa familiar de louvor e de súplica, de meditação, contemplação dos mistérios da fé, de leitura orante da Palavra de Deus e partilha da experiência pessoal de fé, de oração mariana ou devocional”, explica D. Virgílio Antunes.

Em mensagem enviada à Agência ECCLESIA, o bispo de Coimbra informa que na Capela da Casa Episcopal as ‘24 horas para o Senhor’ começam às 21h00, esta noite, com “um tempo de adoração ao Santíssimo Sacramento”; o encerramento, com uma hora de adoração, acontece este sábado.

D. Virgílio Antunes adianta que os dois momentos vão ser transmitidos na página da Diocese de Coimbra na rede social Facebook, onde também é transmitida a Missa dominical, às 09h00.

“Esta Quaresma tem um sabor diferente e mais amargo para todos, por estarmos em situação extraordinária de debilidade face à situação de pandemia do Covid-19, observa o responsável católico, convidando agora os diocesanos “a um forte aprofundamento da fé no Deus rico de misericórdia, que acompanha todas as dores da humanidade”.

Na sua comunicação, o bispo de Coimbra envia uma “palavra de consolação” aos doentes, desejando que “sejam corajosos e firmes no caminho que os há de levar à saúde, à família, ao trabalho e ao convívio com os outros” e sublinha a comunhão com “todos os profissionais de saúde”.

As ‘24 horas para o Senhor’ nasceram em Roma há sete anos, ganhando dimensão mundial sob o estímulo do Papa Francisco, para promover tempos de oração, reflexão e Confissão, antes do IV Domingo da Quaresma, na preparação para a Páscoa.

CB/OC

Partilhar:
Share