Gianfranco Rosi fala em «tributo a quem procura mudar as coisas»

Cidade do Vaticano, 04 out 2022 (Ecclesia) – O filme “In viaggio” (Em viagem), do cineasta Gianfranco Rosi, dedicado às viagens internacionais de Francisco, estreia hoje na Itália.

“É um filme no qual me senti um espectador. Quer ser um tributo a quem procura mudar as coisas, enfrentando os dramas do nosso mundo. Quando olha a multidão, parece que o Papa olha cada um nos olhos”, referiu o documentarista.

Segundo o autor, “a força deste trabalho é ter sintetizado nove anos de viagem e mais de 600 horas de material em apenas 80 minutos”.

A obra foi apresentada, fora da competição, no 79.º Festival Internacional de Veneza e estreia-se, simbolicamente, na festa de São Francisco de Assis.

Gianfranco Rosi, vencedor do Leão de Ouro em Veneza em 2013 com ‘Sacro GRA’ e do Urso de Ouro em Berlim, em 2016, com ‘Fuocoammare’, fez um filme baseado em imagens do Arquivo do Vaticano relativas às visitas apostólicas feitas pelo Papa, com “liberdade absoluta de edição”.

O cineasta fala de um “pontífice que não fica parado em Roma, mas se torna, ele mesmo, um peregrino” que vai aos “cantos do mundo afligidos pelos dramas atuais”.

Francisco fez, desde 2013, 38 viagens internacionais, nas quais visitou 57 países: Brasil, Jordânia, Israel, Palestina, Coreia do Sul, Turquia, Sri Lanka, Filipinas, Equador, Bolívia, Paraguai, Cuba, Estados Unidos da América, Quénia, Uganda, República Centro-Africana, México, Arménia, Polónia, Geórgia, Azerbaijão, Suécia, Egito, Portugal, Colômbia, Mianmar, Bangladesh, Chile, Perú, Bélgica, Irlanda, Lituânia, Estónia, Letónia, Panamá, Emirados Árabes Unidos, Marrocos, Bulgária, Macedónia do Norte, Roménia, Moçambique, Madagáscar, Maurícia, Tailândia, Japão, Iraque, Eslováquia, Chipre, Grécia (após ter estado anteriormente em Lesbos),  Malta e Canadá; Estrasburgo (França) – onde esteve no Parlamento Europeu e o Conselho da Europa -, Tirana (Albânia), Sarajevo (Bósnia-Herzegovina), Genebra (Suíça) e Budapeste (Hungria), para o encerramento do Congresso Eucarístico Internacional.

Dentro da Itália, o Papa fez 31 visitas pastorais, a 41 localidades, com várias passagens por Assis.

OC

Partilhar:
Share