Brasília, 07 set 2013 (Ecclesia) – A juventude é o tema que vai conduzir a 19ª edição da manifestação no Brasil denominada de «Grito dos Excluídos», marcada hoje, dia da Independência.

O Grito dos Excluídos é uma manifestação realizada no dia nacional e tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a crescente exclusão social na sociedade brasileira, contando para isso com a participação de indivíduos, grupos, entidades, igrejas e movimentos sociais.

Este ano a manifestação com o tema «Juventude que ousa lutar, constrói o projeto popular», integra as atividades da 5ª Semana Social Brasileira que tem o apoio da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Esta é uma mobilização que, de acordo com a CNBB quer “denunciar o modelo político e económico que leva à exclusão social”, tornar público “o rosto desfigurado dos excluídos” e ainda propor caminhos alternativos de políticas de desenvolvimento numa convocação plural à participação.

Recorde-se que o Rio de Janeiro recebeu este ano a Jornada Mundial da Juventude, maior evento da Igreja Católica que juntou 3, 7 milhões de pessoas na eucaristia final do encontro.

LS

Partilhar:
Share