Mosteiro Trapista de Santa Maria Mãe da Igreja é uma das novas presenças no território

Foto: Diocese de Bragança-Miranda

Bragança, 31 jan 2021 (Ecclesia) – O bispo de Bragança-Miranda afirmou hoje numa mensagem vídeo sobre a Semana da Vida da Consagrada, que começa hoje na diocese, que o número de religiosas e religiosas está a crescer no território e desafiou à “fidelidade e felicidade”.

“A presença da Vida Consagrada no território, nesta diocese, está a aumentar, graças a Deus, com a presença do Mosteiro Trapista de Santa Maria Mãe da Igreja, as Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, com duas ermitas em discernimento para serem ermitas diocesanas”, afirmou D. José Cordeiro.

O bispo de Bragança-Miranda agradeceu a Deus “por todos os consagrados e consagradas”, desejando que outras vocações surjam para diocese e “para toda a Igreja”.

“Somos consagrados à conversão, à mudança do nosso coração,  da nossa mente, do nosso espírito, para vivermos por Cristo, com Cristo e em Cristo e sermos testemunhas da fidelidade e da felicidade no mundo”, afirmou.

D. José Cordeiro disse que a “vocação ao amor que deve resplandecer a fidelidade a felicidade”.

“Os consagrados e as consagradas têm de ser sempre e em toda a parte testemunhas da fidelidade ao Evangelho e da felicidade em Jesus Cristo”, afirmou.

A Semana da Vida Consagrada assinala-se na Igreja Católica entre os dias 26 de janeiro a 2 de fevereiro e tem por tema este ano “Consagrados: fiéis e felizes?”

PR

Partilhar:
Share