Lisboa, 30jan 2020 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal da Austrália criou uma rede católica de solidariedade contra incêndios e catástrofes naturais, para reforçar o sistema de colaboração, após os incêndios que estão a afetar o país.

“A nossa resposta aos incêndios e à seca que agravou os incêndios demonstrou mais uma vez o poder coletivo da Igreja Católica em responder às dificuldades de uma forma ou outra”, disse o presidente da Conferência Episcopal Australiana, o arcebispo Mark Coleridge.

Segundo os bispos do país, a Catholic Emergency Relief Australia – C.E.R.A quer ser “um ponto de coordenação para todas as agências católicas no setor de solidariedade”, as paróquias, congregações religiosas, as agências de serviço social, as escolas, hospitais e centros de acolhimento para a comunidade.

D. Mark Coleridge, arcebispo de Brisbane, assinalou que a Igreja Católica é constituída por “pessoas, famílias, paróquias, comunidades escolares” que “proclamam e vivem o Evangelho de Jesus” nos seus territórios, mas são valorizados na sua “dimensão universal”.

A C.E.R.A está na internet, no sítio www.cera.catholic.org.au, com uma seção para voluntários que permite aos membros do novo organismo partilhar as possibilidades de voluntariado para quem quer oferecer ajuda prática ou financeira.

Este domingo, as comunidades católicas promoveram uma recolha solidária de fundos nas Missas do Dia da Austrália.

O Papa Francisco evocou no Vaticano as vítimas dos incêndios na Austrália, manifestando a sua proximidade a uma região “flagelada”, no encontro anual com os membros do corpo diplomático acreditado junto da Santa Sé, no dia 9 de janeiro.

CB/OC

Partilhar:
Share