Ativista dos Direitos Humanos faleceu aos 93 anos de idade

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 22 nov 2022 (Ecclesia) – O Papa manifestou o seu pesar pela morte de Hebe Bonafini, presidente da associação argentina ‘Mães da Praça de Maio’, que faleceu este domingo, aos 93 anos de idade.

Francisco destaca, numa carte aos membros da associação, a luta da ativista dos Direitos Humanos, que se dedicou à denúncia dos desaparecimentos durante a ditadura militar.

“A sua audácia e coragem, nos momentos em que prevalecia o silêncio, mantinham viva a busca da verdade e da memória”, escreve, num texto divulgado pelo Vaticano.

O Papa recorda o trabalho de Bonafini em defesa dos “direitos dos mais marginalizados e invisíveis”.

Francisco recorda o encontro que teve com a ativista, no Vaticano, a 28 de maio de 2016, evocando particular a “a paixão” que ela transmitiu em “querer dar voz àqueles que não a têm”.

OC

Partilhar:
Share