Cerca de 500 pessoas em preparação para o Batismo estiveram no centro do penúltimo ato público da iniciativa, no Vaticano

Cidade do Vaticano, 23 nov 2013 (Ecclesia) – O Papa encontrou-se hoje no Vaticano com cerca de 500 pessoas em preparação para receber o batismo na Igreja Católica, vindas de 47 países, e presidiu ao rito de admissão ao catecumenato, no contexto do Ano da Fé.

Os catecúmenos estavam acompanhados pelos seus catequistas e alguns dos adultos que se vão batizar apresentaram testemunhos pessoais.

A iniciativa teve como tema ‘Prontos a passar a Porta da fé’ e quis ser um sinal de que o Ano da Fé, que se conclui este domingo, continua no futuro.

O Papa recebeu 35 candidatos aos catecumenato, à entrada da Basílica de São Pedro, aos quais colocou as questões tradicionais do rito: ‘Qual é o teu nome?’, “o que pedes à Igreja de Deus?’ e ‘o que te dá a fé?’.

Entre os catecúmenos estavam pessoas da Rússia, Moldávia, Bósnia, Egito, Marrocos, Argélia, China, Quirguistão, Mongólia e Cuba, por exemplo.

Um dos candidatos disse ter-se aproximado da Igreja Católica, na universidade, através de um colega que o convenceu a escutar uma catequese, e percebeu que “se davam respostas concretas a problemas reais”.

Outra candidata recordou a morte da sua mãe, quando era criança, e o seu afastamento de Deus, até perceber que Ele a “amava”.

Tomaso Ursini e Simona Zoppi, casal de catequistas que acompanha catecúmenos na diocese italiana de Albano Laziale

Ele, diácono permanente, e ela, professora de religião, falaram na “fantástica experiência de fé e de vida” que têm no contacto com adultos que pedem o Batismo.

OC

Partilhar:
Share