Lisboa, 29 out 2021 (Ecclesia) – O Conselho Português de Igrejas Cristãs (COPIC) fez um apelo para que as celebrações religiosas no dia 31 de outubro possam ter uma intenção que acompanhe a Cimeira do Clima, a iniciar em Glasgow, nesse dia.

“O COPIC vem por este meio lançar o apelo para que em todas as igrejas se eleve uma oração intencional, em momento próprio das celebrações religiosas do próximo domingo, 31 de outubro e, caso seja possível, tocando sinos e usando as redes sociais para difusão da mensagem”, pode ler-se na página de internet.

A Cimeira do Clima tem início no próximo dia 31, em Glasgow, no Reino Unido, e vai juntar 156 líderes mundiais em negociações que possam incidir sobre o controlo e diminuição do aquecimento do planeta, e fortalecer ações já negociadas nos termos do Acordo de Paris de 2015.

O Conselho das Igrejas Cristãs manifesta a “importância e oportunidade da COP26”, enquanto lugar que vai reunir “mais de 30 000 representantes e líderes mundiais, incluindo religiosos”, em discussão sobre as alterações climáticas e reconhecendo que “a oração opera e certamente suscitará através da força criadora do Espírito Santo, novas ações para a salvaguarda da Criação, a nossa Irmã e Mãe Terra, Casa Comum”.

O Papa lançou hoje um apelo a respostas urgentes para a crise climática, a dois dias do início da COP26 em Glasgow, Escócia, falando numa “ameaça sem precedentes” para o futuro da humanidade.

“Os decisores políticos que vão tomar parte na COP26 de Glasgow são chamados, com urgência, a oferecer respostas eficazes para a crise ecológica que vivemos e, desta forma, dar esperança concreta às gerações futuras”, disse Francisco, na rubrica ‘Thougt for the Day’ (pensamento para o dia) da emissora britânica.

LS/OC

COP26: Papa apela a respostas urgentes, perante crise climática, apontando a «ameaça sem precedentes» (c/vídeo)

Partilhar:
Share