Uma imagem icónica do secretário-geral da ONU, António Guterres: na Polinésia, de fato e gravata, dentro de água a dizer que o planeta se está a afundar. Este é um alerta para as alterações climáticas para o qual o mundo parece estar a acordar. Mas há muito para fazer, e importa fazê-lo agora, para que amanhã não seja tarde demais. Também a Igreja católica, em especial a partir de um documento que o Papa Francisco assinou em 2015, a encíclica «Laudato Si», tem procurado evidenciar que as preocupações ambientais são tarefa de todos os cristãos. Esta noite Tiago Cartaxo, que investiga áreas como Território, o Urbanismo e o Ambiente conversa com a Ecclesia sobre estes alertas mundiais.

Partilhar:
Share