Documento da Santa Sé para a formação sacerdotal imprime importância sobre caridade, atenção à fragilidade e pobreza

Faro, 18 nov 2019 (Ecclesia) – Os seminaristas da diocese do Algarve estão envolvidos em ações de voluntariado como parte integrante da sua formação com atividades em centros de dia, refeitório social, apoio domiciliário e no auxílio a congregações religiosas com carisma assistencial.

O objetivo é “descobrir no rosto do pobre, do miserável e do desamparado o próprio rosto de Cristo” para que a Igreja “perceba que a sua raiz está na pobreza, na simplicidade, na humildade”, explica o padre António de Freitas, reitor da instituição dedicada à formação dos futuros sacerdotes da diocese algarvia, citado pelo jornal «Folha de Domingo».

No presente ano letivo prevê-se que os primeiros três meses sejam dedicados a trabalhar a “sensibilidade para os pobres e carenciados”, “que não são um apêndice da Igreja, mas lugar teológico onde Deus se revela”.

O Seminário de São José acolhe dois seminaristas da arquidiocese de Évora e um natural do Algarve, que este domingo, último dia da Semana dos Seminários, iniciaram uma semana de voluntariado no lar, no centro de dia, no refeitório social e no apoio domiciliário da paróquia de Quarteira, assistindo as Irmãs da Congregação da Divina Providência e Sagrada Família, atividades que se vão estender até ao dia 24.

Desde outubro que os estudantes dedicam a quarta-feira da semana de formação ao trabalho com os mais pobres acolhidos pelas Irmãs Missionárias da Caridade, em Faro.

O padre António de Freitas explicou que a estruturação do projeto formativo já tinha sido experimentada no ano anterior, estando este ano implementado.

“A Ratio Fundamentalis Institutionis Sacerdotalis [documento da Santa Sé relacionado com a formação sacerdotal] apela muito a que se trabalhe a dimensão da caridade e da sensibilidade para a fragilidade e para a pobreza. Neste âmbito entra no nosso projeto formativo que eles façam atividades que lidem no dia-a-dia com estas questões”, explicou o responsável.

LS

Partilhar:
Share